etc

/Etc Comunicação

About Etc Comunicação

This author Etc Comunicação has created 15 entries.

67% das duplicatas encaminhadas a protesto são pagas em 3 dias

Os dados são dos Cartórios de Protesto do Distrito Federal. O protesto de títulos consiste numa prática simples – realizada pelos 15 cartórios de protesto distribuídos por Brasília -, que busca assegurar o pagamento de débitos em até três dias úteis. No caso do não pagamento, o devedor é protestado e, seu nome e CPF, negativado na praça As duplicatas são títulos cada vez mais utilizados por profissionais liberais e empresas brasileiras para assegurar a cobrança e o recebimento de valores

Protesto: instrumento para recebimento de dívidas

Dados do IEPTB – Seção DF revelam que 53% das pessoas que encaminharam títulos para protesto obtiveram êxito no último ano. O protesto consiste numa prática simples, realizada em cartório, que busca assegurar o pagamento de débitos em até três dias úteis. Caso contrário, o devedor é negativado Em tempos de crise, o protesto de títulos vem sendo um recurso cada vez mais utilizado pela população. Qualquer cidadão brasileiro, vítima da inadimplência, pode utilizar o protesto para recuperar valores de títulos

Protesto de P.A. é destaque na TV Globo

O Protesto de sentença de Pensão Alimentícia foi destaque em reportagem do Jornal DFTV, da TV Globo. O tabelião Breno Santa Helena condedeu entrevista à emissora, explicando os detalhes da prática. O serviço é realizado nos cartórios de Protesto de todo o Brasil. A novidade é que, desde março de 2016 quando o novo Código de Processo Civil entrou em vigor, o Protesto da Pensão Alimentícia passou a ser indicado diretamente pelo juiz da causa, que pode também encaminhar a protesto as

Títulos protestados acumulam alta de 27,9% no ano

O valor médio dos títulos protestados foi de R$ 3.928 em agosto de 2016. De acordo com os dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o número total de títulos protestados no país aumentou 27,9% no acumulado de 2016 em relação ao mesmo período do ano anterior.Na comparação interanual, os títulos protestados subiram 51,6% e 18,1% em relação ao mês anterior. O valor médio dos títulos protestados para o mês de agosto de 2016 foi de