Principais dúvidas
Quais documentos posso protestar?

Notas promissórias, duplicatas, cheques,  contratos em geral,  letras de câmbio, cotas de condomínios, sentenças judiciais, etc. Saiba mais.

Como imprimir a certidão de protesto?

Para imprimir a certidão de Protesto é imprescindível que você acesse o nosso site pelo navegador Google Chrome.

Como faço para cancelar o protesto?

O cancelamento  pode ser solicitado no cartório onde o título foi protestado, mediante apresentação do documento de dívida original ou por declaração de anuência (com carimbo de protesto e assinatura do Tabelião ou de seu substitutos) – quando o interessado não estiver de posse do título protestado.

 

Do que preciso para acessar a Consulta Nacional de Protestos?

Para realizar a consulta basta digitar o CPF ou CNPJ a ser pesquisado. A busca pode ser feita AQUI e em alguns segundos já sai o resultado, gratuitamente

Que dados aparecem, caso seja positiva a consulta?

Se o resultado da Consulta Gratuita de Protestos for positivo, o sistema fornecerá o nome e dados do cartório  onde o protesto foi registrado, para que o interessado entre em contato ou peça a certidão detalhada do protesto.

Após o pagamento a liberação da Certidão é imediata?

Caso o solicitante pague no cartão – crédito ou débito – , a liberação será automática. No boleto bancário, o prazo é de 24 horas. As certidões NÃO são enviadas por e-mail. É necessário solicitar a impressão por AQUI.

Formulário de Protesto AQUI
formulariodeprotesto

Baixe Aqui o formulário de encaminhamento de títulos a protesto.

Conheça a efetividade do protesto

O Protesto de Títulos é o meio legal mais eficaz de recuperação de crédito. Nossos números comprovam mais de 50% de efetividade, nos 3 primeiros dias úteis!

0
%
TÍTULOS ENCAMINHADOS A PROTESTO
0
%
PAGOS
0
DIAS

JÁ SOLICITOU E IMPRIMIU SUA CERTIDÃO?

A Central de Certidões foi criada pelos Tabeliães de Protestos do DF para que a população solicite e receba suas certidões via internet, de forma mais fácil, rápida e barata. Em um só documento haverá as informações dos 15 cartórios de protesto do DF.

Notícias