etc

/Etc Comunicação

About Etc Comunicação

This author Etc Comunicação has created 27 entries.

Cartórios

Pesquisa aponta Cartórios como instituição mais confiável do país

Cartórios – Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, os Cartórios são a instituição mais confiável do País, dentre todas as instituições públicas e privadas avaliadas. Em uma escala de confiança de zero a dez, os cartórios alcançaram a média de 7,6. Comparando os cartórios com todos os demais serviços públicos, 77% dos usuários consideraram os cartórios ótimos ou bons e 74% dos usuários se manifestaram contra alterações no sistema atual. De acordo com a pesquisa, os entrevistados foram, em média,

Protesto Fácil

Protesto Fácil: Economia do país piorou para 72%, aponta pesquisa Datafolha

Protesto Fácil – Instituto ouviu 2.824 pessoas nos dias 6 e 7 de junho. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos Pesquisa Datafolha publicada no site do jornal “Folha de S.Paulo” nesta segunda-feira (11) aponta que 72% dos entrevistados entendem que a situação econômica do país piorou nos últimos meses, ou seja: 7 em cada 10 brasileiros. Apenas 6% avaliaram que o quadro melhorou. Na última pesquisa sobre o mesmo tema, em abril, 52% avaliaram

Intimação por edital para Protesto muda no DF

Desde o dia 19 de março, os editais de protesto do DF são publicados na internet. Como mecanismo para dar maior acesso ao grande público às informações sobre suas dívidas, bem como, de  redução de custos, a citação por edital agora é feita numa publicação específica dos cartórios de protesto: o Jornal do Protesto DF  O Instituto de Protesto do DF (IEPTB-DF), entidade que integra os 15 cartórios de protesto da capital federal, lançou em 19 de março, o Jornal do

Bancos voltam a dar crédito a pequenas e médias empresas, mesmo com risco de inadimplência alta

Ávidos para acelerar os resultados com crédito na esteira da economia que sai da recessão, os bancos brasileiros retomaram com força a concessão de empréstimos para pequenas e médias empresas, ampliando um movimento que já vinha acontecendo no financiamento ao consumo.O segmento foi destaque de crescimento dos três maiores bancos privados listados em bolsa no país no quarto trimestre, tendo a maior alta sequencial em pelo menos quatro anos no Santander Brasil e no Itaú